O cinquentenário do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFPR

Publicado em: 1 de novembro de 2013 por

SelosAU50_legenda_FINALO Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná (CAU-UFPR) foi criado em maio de 1961, a partir de gestões iniciadas por uma comissão especial de professores da Escola de Engenharia do Paraná, sendo o primeiro curso na área constituído no Estado. As aulas iniciaram-se efetivamente em 1962, com um primeiro grupo de alunos, formado por Engenheiros Civis e terceiranistas do curso de Engenharia Civil, que deram continuidade aos seus estudos cursando cadeiras relativas ao ensino da Arquitetura e Urbanismo, graduando-se 19 formandos em arquitetura em março de 1965.

Antes da formatura da primeira turma de arquitetos do CAU, atuavam na área engenheiros civis e arquitetos formados em outros Estados. A consolidação do curso foi favorecida por fatores como o surto de crescimento econômico do Estado, a urbanização acelerada da capital a partir de 1950, e a disseminação do ideário modernista no território nacional.

Para a implementação inicial do curso foram convidados arquitetos de outros Estados, além daqueles recrutados na própria região. Com o funcionamento regular da escola alguns dos arquitetos recém-formados passaram a fazer parte de seu corpo docente, consolidando o curso e fazendo do Paraná um centro difusor de conhecimento na área.

Em 1961, a Escola de Engenharia da UFPR constitui uma comissão especial de professores formada pelos professores-engenheiros Rubens Meister, Ralph Leitner e Samuel Chamecki, para implementação do CAU-UFPR, que encomenda a Lúcio Costa uma proposta de currículo, que não chega a ser implantada. Com a colaboração de dois jovens professores de Belo Horizonte, os arquitetos José Marcos Loureiro Prado e Armando Strambi, é formulada a estrutura e organização curricular do novo curso.

O corpo docente pioneiro é formado por profissionais oriundos de duas escolas: a carioca e a paulista, responsáveis pela vanguarda da arquitetura moderna na época.

A direção do curso de arquitetura cabe à Escola de Engenharia, e apenas em 1965 são constituídos os Departamentos de Composição e de Teoria e História da Arquitetura, e contratados arquitetos para cumprir as funções docentes e administrativas referentes a essas áreas. As disciplinas da área de tecnologia são responsabilidade do Departamento de Técnicas Construtivas existente no Curso de Engenharia. Outros departamentos da UFPR colaboram ministrando as disciplinas de áreas complementares à formação do arquiteto, tais como: desenho, topografia, sociologia, economia, estatística, etc.

Com a reforma universitária de 1969 é criado o Setor de Tecnologia da UFPR, a antiga Escola de Engenharia transforma-se em Curso de Engenharia, com várias modalidades organizadas em departamentos. O CAU fica subordinado à direção do Setor de Tecnologia. Em 1972 é criado o Colegiado do Curso de Arquitetura e Urbanismo para coordenar o conjunto de disciplinas ministradas pelos demais departamentos no CAU. Em 1973 é criado o Departamento de Arquitetura e Urbanismo (DAU) a partir da fusão dos Departamentos de Composição e Teoria e História.

Entre os anos 1960 e 1980 o CAU ganha visibilidade e importância através da bem-sucedida participação de professores, alunos e ex-alunos do curso em diferentes áreas de atuação. Diversas premiações obtidas pelos arquitetos-professores e alunos do curso em concursos de arquitetura contribuem para a ampliação do mercado de trabalho e reconhecimento da formação de qualidade oferecida pela escola. A representatividade dos arquitetos paranaenses em concursos era forte a ponto destes receberem o apelido de papa-concursos.

Em mais de cinco décadas de funcionamento o CAU viveu a formação e a aposentadoria de um quadro docente, seu corpo docente, do qual já participaram aproximadamente 90 professores. Durante esses anos passaram por suas salas de aula 51 turmas, resultando na formação de cerca de 2000 arquitetos e urbanistas. Pode-se afirmar que a história da moderna arquitetura paranaense deve suas origens à criação do CAU.

 

Fonte: Pesquisa “Arquitetura Moderna Faz Escola? A história do curso de Arquitetura e Urbanismo Através da produção de professores e ex-alunos” – Banpesq nº 2009024088

Profa. Dra. Josilena MZ Gonçalves

 

Categoria(s): CAU 50 anos